As Principais Cidades do Reino Unido

Antes de entrar no mérito do post, vamos relembrar que o Reino Unido é um país único no mundo, pois é formado por quatro países diferentes (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) ligados entre si por uma união política, econômica e social.

Cada um dos países integrantes do Reino Unido tem a sua própria capital, são elas Londres, Edimburgo, Cardiff e Belfast, e cada capital tem seu próprio governo, que é chamado de ‘Governo Devolvido’. Tais governos são livres pra decidir absolutamente tudo nas esferas de educação, saúde, cultura e políticas pública locais.

Os detalhes da devolução variam de país pra país, mas vale dizer que a Escócia possui a maior liberdade de todos, colocando Edimburgo em uma posição mais próxima de Londres.

Porém, no âmbito internacional, principalmente fora da União Européia, a capital é Londres.

Pelo fato de as outras três capitais não terem poder sobre a economia, o orçamento anual de cada país vem do governo central, que fica em Londres. Isso, somado com o fato de que Londres é vista pelo mundo todo como a única capital e a maioria dos investimentos no país acontecem por lá, é de se esperar que as outras cidades não sejam tão desenvolvidas.

E foi pra lutar contra esse conceito de ‘tudo em Londres e para Londres‘ que a ideia de Core Cities nasceu.

O projeto nasceu na cidade de Manchester, maior centro urbano do Norte da Inglaterra, onde até meados dos anos 80, gozava de pouquíssimo investimento. A ideia é mostrar pro mundo – e pro governo central em Londres – que existem diversas outras cidades no Reino Unido e que elas são tão importantes, criativas e interessantes quanto Londres.

Baseados em população, número de empresas, acesso a universidades, e contribuição econômica as Principais Cidades do Reino Unido são: Belfast, Birmingham, Bristol, Cardiff, Glasgow, Leeds, Liverpool, Manchester, Newcastle, Nottingham, e Sheffield.

A maioria dessas cidades fica na Inglaterra, país que representa 85% da população do Reino Unido. Por não ter um governo próprio, cidade inglesa precisa lutar por si mesma no governo central pra atrair investimentos, o que faz a ideia de ter um grupo de Principais Cidades ainda mais atrativo, pois elas podem se ajudar a atrair investimentos que iriam pra Londres, pra outras regiões.

Um exemplo das ações do grupo é a nova sede da BBC, que poderia ter sido construída em Bristol, Cardiff ou Manchester e acabou indo pra Cardiff, o que foi um ganho pra todas as outras, porque não foi Londres.

Pois bem, escrevi tudo isso só pra dizer que estou muito feliz por morar e trabalhar em Bristol, contribuindo todos os dias para que a cidade continue sendo uma das Principais Cidades do Reino Unido.


2 comentários sobre “As Principais Cidades do Reino Unido

  1. Que texto bacana! Já pensei em vários momentos em tentar uma cidade menor.
    Adoro Londres, mas o custo de vida aqui é alto e a qualidade de vida nem sempre é a que se espera.
    Tô amadurecendo a ideia para ano que vem, talvez.
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.