Ciclovia entre Bristol e Bath

Ahhh, o verão.

Depois de uma primavera super quente, o verão chegou com tudo na Inglaterra com os termômetros batendo 30 graus logo nos primeiros dois dias oficiais da estação, e como estou em casa fazendo nada o dia todo, resolvi aproveitar o tempo bom pra dar uma refrescada no rio.

O problema é: não tem lago, nem lagoa, nem mar, nem rio (bom pra nadar) em Bristol em si. Niente! Existem diversas opções pertinho pra quem dirige, mas não tem muita coisa pra quem depende das pernas ou de bicicleta, like yours truly here.

A opção mais viável é pegar a ciclovia que liga Bristol à Bath, que conecta a distância de 25km entre as duas cidades utilizando um caminho ferroviário abandonado, e parar nos vários pontos onde o caminho cruza com o Rio Avon ou Rio Boyd.

Saí de casa logo depois do almoço, botei a mochila nas costas com toalha, bastante água e lanchinhos e fui. Minha ideia era parar em Bitton, há uns 12km de Bath, me refrescar no Rio por um tempo e depois seguir pedalando pra Bath.

A entrada pra ciclovia fica na area central de Bristol, uns 10min da minha casa e de lá o caminho até Bath leva aproximadamente 1h30. Como foi a minha primeira vez e eu parei em Bitton, acabei levando mais.

O caminho é bem reto, o que é bem diferente pra Bristol que é uma cidade super cheia de morros. Não acredito que exija muito em termos de preparo físico, só mental mesmo porque o caminho é longo.

Tem muita coisa interessante no caminho, sem contar que é rodeado de verde o percurso todo.

Como de se esperar, a ciclovia estava lotada de gente aproveitando o dia quente. Todo o percurso pelo rio estava cheio de adolescentes se jogando das pontes, famílias fazendo churrasco, etc. Parei em Bitton por aproximadamente 1 hora e me joguei na água bem-menos-gelada-do-que-eu-esperava do Rio Boyd.

Depois de Bitton, refrescado e renovado, segui caminho pra Bath onde estacionei a bicicleta e fui bater perna pela cidade. Toda vez que vou a Bath fico impressionado com a beleza da cidade e de que como ela me lembra Roma.

Visitei Bath várias vezes desde que me mudei pra Bristol, mas nunca tinha visto a cidade tão vazia, o que foi uma experiência bem legal.

Por volta das 17h da tarde resolvi voltar pra Bristol e quase 2h depois, cheguei em casa. Morto, porém muito feliz por ter pedalado 50km em um dia.


11 comentários sobre “Ciclovia entre Bristol e Bath

  1. Batendo palmas pros 50km! Nem eu que tava acostumada a pedalar 30km por dia (na bike elétrica, claaaro) conseguiria! Muito bom saber que você tá aproveitando o verão. Aqui a primavera foi super seca e quente, e agora o verão tem sido igualmente quente porém mega chuvoso – por enquanto o verão mais chuvoso que já peguei aqui na Irlanda! Saudade de você!

  2. I laughed seeing the gif scene ‘I’m going on an adventure’, hahaha .. he seemed very excited 😆

    The cycling path you choose is a beautiful path. Cycling through these lanes will increase the spirit of riding a bicycle..

    Regards

  3. Mesmo sabendo que ficaria mortinha depois desses 50km pedalados (nunca andei tanto de bike assim hahaha) fiquei com vontade de fazer isso também. haha Bath parece ser uma cidade bem interessante de visitar.

  4. Parabéns pelos 50 km rs.. eu andei pedalando bem nesses meses, mas a volta quase sempre de trem pq eu não dava conta rs, meu máximo foi 30 km. Eu adoro e ainda não me acostumei com os rios limpos da Europa, que a gente se joga, se refresca… pra quem viveu metade da vida em SP, desviando de fedor do Tietê e Pinheiros, essa ficha ainda não caiu. Adoro também ver esses lados da Inglaterra aqui, já que o mundo afora só fala de Londres… Beijão

  5. Adorei o texto! Já faz tempos que ensaio comprar uma bicicleta, mas em Londres há muito furto delas.
    Quero visitar Bath há tempos, mas tive que pausar os planos por conta da pandemia.
    Agora que estão abrindo hotéis e outras instalações, estou avaliando se dá para viajar de trem para Bath, Bristol e cidades vizinhas neste período.
    Fico feliz que tenha gostado do clima da cidade agora, mas creio que depois do dia 04 de julho ela estará lotada de novo por conta do turismo interno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.