Anedotas de viagem – II

Já que a primeira dose de anedotas fez sucesso, voltei pra uma dobradinha.

1) Meu amigo fumou tanto você-sabe-o-que em Amsterdam que tivemos que carregá-lo pelos ombros de volta pro hostel. Já no hostel, o negócio bateu em nós três e fiquei umas 2h mexendo os pés na cama e rindo sozinho.

2) Troquei olhares com um moço em Gibraltar e pela primeira vez na vida resolvi ir até ele e trocar uma ideia. Acabamos trocando número de celular, mas nunca nos encontramos porque logo fui embora.

3) Fui atacado por um macaco em Gibraltar que pulou em mim, abriu minha mochila, jogou meu cachecol longe e roubou a minha barrinha de proteína.

4) Fui usar a minha ūltima nota de $10 em NYC e comprar um burrito. A conta chegou perto dos $9, mas tive que pagar com cartão porque as taxas não estavam incluídas, nem a gorjeta e o valor total foi mais do que $10.

5) Fiz uma trilha em Sofia pela montanha Vitosha e pela primeira vez pude entender um pouco, bem pouco, do que mulheres passam com caras que as perseguem. Fui ‘seguido’ por um mal-encarado por uns 40min, até que nos desperçamos.

6) Em uma viagem de trem entre a França e a Itália, não sabia que tinha que levar o bilhete de trem impresso (que foi enviado pra minha casa enquanto eu estava viajando) e quase fui retirado do trem. Uns passageiros interviram e o bilheteiro me deixou ficar só mostrando o comprovante de compra.

7) Fui colocado pra fora de um clube em Cardiff porque cochilei por uns 5 minutos em uma das mesas do bar.

8) Meus amigos e eu vimos um corpo morto recém-atirado no Rio de Janeiro, no bairro de Santa Teresa.

9) Esqueci de levar blusa de frio pra minha viagem pro Peru e por isso tive que comprar um daqueles suéters típicos peruanos que me rendeu uma foto incrível em Machu Picchu. Eu não teria comprado se tivesse levado uma blosa de frio na mala.

10) Celebrei 27 anos em Rimini, na Itália, rodeado de italianos que conheci uma semana antes do meu aniversário. Uma delas sabia fazer brigadeiro e fez pra mim.

11) Me perdi nas ruelas de Marrakesh e cada vez que pedia informação, me mandavam pra um lugar mais errado ainda. Perdido e desesperado, acabei entrando em um café meio dodgy, porém com wi-fi, pra me localizar e enfim encontrei meu hostel.

12) No caminho pro Saara, sentado na frente da van, coloquei o celular de uma garota canadense pra carregar e sem querer derrubei uma garrafa de àgua do lado. O celular dela parou de funcionar por causa da água, mas ela não me culpou.

13) Dividi quarto em Copenhagen com um grupo de indianos que estavam viajando pela Europa e um deles tinha uma toalha pendurada na cama que fedia esgoto.

14) Peguei um Uber em Sofia que, pela primeira vez, veio com um carro sucateado me buscar. Estava literalmente caindo aos pedaços e o motorista se aproveitou de eu não conhecer a cidade e perambulou a rodo pra eu ter que pagar mais.

15) Vi a atriz Camilla Morgado no Museu Britânico em Londres e fui todo feliz dar um oi pra ela, que me ignorou na lata e fingiu não ter me visto (eu estava na frente dela).

 

 

 

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Anedotas de viagem – II

  1. Rick, adorei esse formato de post!! Quanta história da pra contar, né? hahaha
    Eu ri aqui do seu cochilo no bar e ainda vc foi expulso, mas gente.. haha lembrei que já cochilei muito em bar por ai, ainda mais se ta suuuuper tarde e to esperando alguem
    E que tenso isso que vc viu no Rio 😦

  2. Cristo crucificado, toalha fedendo esgoto não. Ia dar barraco eu e o coleguinha hahaha.. Essa série é muito boa, porque só de ler coisinhas curtas assim a gente vai vendo como viagem da pano pra manga hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.