A incrível ilha de Phuket

Depois de três noites em Bangkok, seguimos viagem pra parte mais clichê de uma viagem pra Tailândia: as praias e ilhas.

Optamos por ficar em Phuket, porque eu queria muito conhecer as ilhas Phi Phi e Phuket me pareceu a melhor opção pra chegar nelas. O problema é que Phuket é muito grande e escolher onde ficar na ilha é um campo minado, aeroporto é longe pra burro e fica no norte da ilha, as praias ficam na costa oeste e a cidade de Phuket e o píer pra ir para as ilhas fica no lado leste, onde nos hospedamos.

IMG_1766.JPEG

Pegamos um táxi do aeroporto do hotel e lá pelas 16h já tínhamos feito check-in e fomos atrás de comida. Táxi em Phuket é o dobro do custo de Bangkok, mas em compensação comida custa a metade e é tão deliciosa quanto.

Depois de comer, fomos andar por Phuket e tentar ver o mar. Caminhamos uns 3km pra ir e pra voltar e vimos uma parte bem Thai de Phuket, poucos turistas e muitos locais, inclusive em um shopping feita de tendas enorme. Como eu disse acima, as praias ficam do lado oeste e estávamos no lado leste, logo o mar era só uma baia mesmo e estava meio nublado.

Decepção.

Voltamos pro hostel e traçamos nosso plano de ataque para o segundo dia: acordar cedo e pegar um táxi pro lado oeste da ilha e passar o dia lá, munidos de roupa de banho, protetor solar e iPhones carregados.

De manhã, graças a um taxista super simpático, aprendemos onde ficava o ponto de ônibus do circular pra chegar até a Patong Beach e pagamos apenas 40 baht ao invés dos 600 do táxi! Essa Patong Beach está na lista de praias mais badaladas de Phuket, com jet ski, wind surfing, paragliding e tal, mas a gente queria era ir pra Freedom Beach, que também está na lista de praias mais lindas de Phuket, porém é mais calma porque é super fora de mão chegar lá. Encontramos um TukTuk, negociamos um preço ok e ele nos levou.

Chegamos lá bem cedo, por volta das 10h e cara, que praia mais linda! Assim, as praias brasileiras são tão lindas quanto, mas a água turquesa quentinha não tem comparação, pelo menos não com as praias que conheço. Ficamos lá o dia todo, lagarteando no sol, entrando na água, almoçamos no único restaurante disponível e lá pelas 16h da tarde, vermelhos como dois pimentões, seguimos rumo a Patong Beach pra olhar as lojinhas, comer de novo e assistir o pôr do sol.

Já com à noite caída, fomos atrás do ônibus pra voltar pro hotel e surpresa, não tinha mais ônibus! Eles param as 18h e precisamos negociar outro TukTuk pra voltar pro hotel, que mesmo mais caro valeu a pena porque andar de TukTuk é uma experiência muito legal, ainda mais à noite.

De banho tomado e com muito aloe Vera no corpo, fomos bater perna no Phuket Indy Market que estava rolando perto do nosso hotel e comemos umas comidinhas de rua por ali mesmo, ouvimos música e depois voltamos pro hotel pra descansar pra próxima aventura dessa viagem: as ilhas Phi Phi.

Mas essa parte fica pro próximo post.

Anúncios

5 comentários sobre “A incrível ilha de Phuket

  1. A cor dessa água é linda demais, minha nossa! Eu ficaria bem perdidinha também de escolher que praia visitar, parece tudo tão lindo hahaha, mas certamente quanto mais vazia melhor ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.