Em busca do Monstro do Lago Ness – parte I

Visitei a Escócia pela primeira vez em maio de 2013, quando ainda morava na Irlanda, e me apaixonei completamente. Passei três dias em Edimburgo, capital da nação escocesa e um dia em Glasgow, segunda maior cidade.

Mesmo sendo parte do Reino Unido, a Escócia é muito diferente do restante, principalmente se comparada com a Inglaterra. Vou pular a parte historica de guerras, conquistas, rebelioes e atos de união e focar no que, de fato, faz a Escócia ser diferente.

A Escócia foi o primeiro pais do Reino Unido a permitir o aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo, é o único deles que oferece educação superior gratuita para cidadãos escoceses e europeus e, assim como Irlanda do Norte, votou NAO para o Brexit. Politicamente falando, o Reino Unido esta um caos e a Escócia tem provado, dia apos dia, que é a melhor parte desse reino e que, logo-logo, vai conquistar sua independencia.

Mas isso é assunto pra outro dia.

Quando visitei a Escócia pela primeira vez dava pra sentir essa vibe diferente por todo lugar e como acabei não visitando o ponto turistico mais famoso do pais, o Lago Ness nas Highlands, fiquei esperando o momento certo chegar pra poder voltar.

Cheguei em Inverness, conhecida como Capital das Highlands, na sexta-feira, com uma única missão: visitar o Lago Ness, que fica pertinho da cidade.

inverness
Inverness (circulada) e Lago Ness (seta)

Fiquei hospedado em um hostel no centro da cidade, ha apenas 20min de onibus do lago e dos castelos que ficam por ali. Inverness é a quarta maior cidade da Escócia, é cortada pelo Rio Ness e sua principal atracao é o Castelo de Inverness, que visitei no meu primeiro dia.

O Lago Ness se extende por 37km, é o lago com maior volume de água das Ilhas Britânicas e possui mais água que TODOS os lagos da Inglaterra e do País de Gales combinados!

nessie

Devido a essa grandiosidade, é de se esperar que lendas e mitos cerquem a existencia do lago. Relatos de um monstro no lago existem desde da epoca dos vikings, mas foi so em 1933, com uma foto tirada pelo jornalista Alex Campbell (foto do lado), que o Monstro do Lago Ness, tambem conhecido como Nessie, ficou famoso no mundo todo.

Muitos filmes sobre o monstro foram produzidos ao longo dos anos, sendo ‘Meu Monstro de Estimação’ o meu favorito. Além da industria cinematográfica, o mostro traz muito turismo pra região de Inverness, atraindo gente do mundo todo que chega na cidade em busca do monstro.

E como o título do post indica, fui pra Inverness em busca dele também, mas se o encontrei ou não, conto no proximo post.


6 comentários sobre “Em busca do Monstro do Lago Ness – parte I

  1. Não poderia concordar mais que a Escócia é a melhor parte do Reino Unido ❤ haha
    Amo tanto esse país e ainda sonho em poder voltar e fazer uma roadtrip pelas highlands (e quem sabe encontra Nessie também haha)
    Aguardando o proximo post! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.