AIRE – Registro consular para cidadãos italianos no exterior

A União Européia é baseada em 4 pilares básicos: livre circulacão de pessoas, produtos, servicos e capital. É a livre circulacão de pessoas que permite que pessoas com passaporte europeu possam viver, estudar e trabalhar em qualquer um dos países do bloco.

Porém, pra exercer esse direito com base legal o cidadão europeu que decide mudar para outro país que nao seja o seu país do passaporte, precisa se registrar nesse país nos primeiros 90 dias de sua chegada.

Cada país tem o seu próprio sistema e eu só posso falar do sistema italiano, o AIRE, como o título do post indica.

O AIRE é o Sistema de Registro Consular para Italianos no Exterior e é o mais próximo de visto que um italiano terá dentro da União Européia. Pra se registrar é bem fácil, é só procurar o Consulado Italiano do país onde estiver e solicitar o registro.

Quando cheguei na Irlanda, em fevereiro de 2013, logo me registrei no Consulado Italiano de Dublin, que na época só aceitava registros via correio. Uns meses depois, recebi uma carta confirmando e pronto, não precisei fazer mais nada.

Me mudei pro Reino Unido em setembro de 2015 e nas primeiras semanas já me registrei aqui também, dessa vez pelo Consulado Italiano de Londres, que possui um sistema online bem fácil de usar. Assim como na Irlanda, o consulado me informou por cara que eu estava registrado e nunca mais precisei fazer nada.

Além de informar sobre a chegada no país, o AIRE deve ser informado de qualquer mudanca de endereco também, pois é assim que o governo italiano se comunica com os italianos residentes no exterior. Como me mudei pra Bristol no comeco desse ano, tive que informar o AIRE da minha mudanca pra cá.

Pode parecer mentira, ainda mais com o Brexit acontecendo na nossa cara, mas o Reino Unido é bem “de boa” no trato com cidadãos europeus e nao exige o registro no AIRE. Por aqui, só o passaporte vale. Vale até pra pedir benefícios sociais, coisa que na Irlanda não é possível sem comprovacão de contribuicão prévia de impostos.

Falando em Brexit, quem está registrado bonitinho no AIRE, como eu, nao terá problema nenhum em comprovar residencia no Reino Unido quando o novo sistema (falarei no blog mais pra frente) abrir.

Se voce possui cidadania italiana e tem interesse em se mudar pra algum país da UE, informe-se como se registrar no AIRE de lá pra evitar qualquer problema futuro e fique com a consciencia tranquila.

Se voce tem cidadania italiana, mora na UE e nao é registrado no AIRE, te aconselho a fazer isso logo pra evitar qualquer problema.


7 comentários sobre “AIRE – Registro consular para cidadãos italianos no exterior

  1. Olá!
    Texto bacana!
    Ansioso pelas informações sobre UK, já que me mudo para lá agora no fim do mês.
    No caso de Portugal, além das obrigações com o governo italiano (AIRE), há a exigência de emissão do Certificado de Registo de Cidadão da UE, emitido na Câmara Municipal do local onde o cidadão reside.
    Custa 15 euros (em Lisboa).
    Passados os 90 dias de residência, o cidadão tem 30 dias para emiti-lo.
    Se me permite citar, eu conto mais detalhes aqui: https://uncaffeperdue.com/2018/06/24/cidadao-da-uniao-europeia-morando-em-portugal-ha-algumas-obrigacoes-a-cumprir/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.