Uma semana no Peru – parte II

Partindo de Cusco, existem tres maneiras de se visitar Machu Picchu: onibus de excursao, trem e claro, andando.

Andando é opcao mais demorada, pois leva-se de tres a quatro dias pra se chegar em Machu Picchu de Cusco e, além de nao ter muito tempo, minha perna ainda nao estava 100% recuperada depois de ter tirado o gesso e uma caminhada dessas nao estava no meu melhor interesse.

Onibus de excursao custam mais caros, pois eles incluem tudo no pacote, e também te privam da viagem de trem, que percorre um caminho SENSACIONAL entre Cusco e Águas Calientes, cidade no pé do Monte Machu Picchu, onde fica a estacao Machu Picchu.

Logo, acredito que a melhor opcao seja de trem e foi essa que optamos.

O trem de Cusco pra Machu Picchu saí da estacao de Poroy, que fica há cerca de 15-20min de táxi de Cusco e a corrida nao passa dos 15 soles. Os trens sao operados pela Peru Rail, custam entre $65 e $95 e levam cerca de 3h30 pra chegar. Nós optamos pelo ‘Explorer’ na ida e pelo ‘Dome’ na volta, o primeiro custou $65 e o segundo, $95. A diferenca de preco e nome é porque um deles, o ‘Dome’, é mais vidrado do que o ‘Explorer’, porém ambos sao bem ‘vidrados’, com janelas de vidro bem altas e teto de vidro também, pra nao perder nada.

A jornada é demorada, mas é linda! As paisagens, rios, montanhas, florestas, que passamos no meio do caminho sao de tirar o folego e difíceis de descrever, só vendo mesmo.

Chegamos em Águas Calientes por volta das 10h da manha e só poderíamos entrar na ruínas a partir do meio-dia, pois compramos os ingressos para o segundo turno (eles sao vendidos em dois turnos válidos por 4 horas: 8h da manha e meio-dia). Como eu disse acima, Águas Calientes fica no pé do monte onde fica Machu Picchu, ou seja, pra chegar na citadela, tem que a) seguir a trilha subir a montanha a pé, o que leva aproxidamente 1h30 ou b) pagar $24 e subir de onibus, que leva 20m.

Meus amigos optaram por subir a pé e eu e a F. optamos por subir de onibus (eu nao podia subir a pé mesmo e ela me fez companhia). Nos encontramos lá em cima e por volta de meio-dia e vinte, entramos na citadela.

Existem tres circuitos em Machu Picchu e a decisao de qual seguir é feita logo na entrada. É uma decisao muito importante, porque pao pode fazer mais do que um ou trocar no meio do caminho e apenas o circuito 1 permite tirar a famosa foto de Machu Picchu.

Optamos pelo circuito 1, claro e comecamos a andar.

A primeira coisa que se ve, é a famosa imagem de Machu Picchu. Ruínas, montanha, lhamas e muito verde. Mesmo com vários turistas e grades de seguranca que a gente nao ve nas fotos, ver Machu Picchu em vida real foi surreal demais! Andar pelas ruínas é uma experiencia incrível e com certeza, deve estar na bucket list de todos.

O tempo estava meio chato, nublado e fechado, mas nada que nos impediu de aproveitar ou nos impediu de apreciar a beleza do lugar. Com certeza foi uma das melhores viagens que fiz até hoje e sem dúvida, coloco o Peru no meu top 3.


4 comentários sobre “Uma semana no Peru – parte II

  1. Rick, essa foto ficou muito muito linda! Seu jumper tá super combinando com a paisagem e as cores ficaram lindas demais! Tem fila aí pra tirar foto? Como funciona? Essa viagem parece mesmo muito bacana, porém cara, né? Tô bem chocada com os preços!

    1. Eu tive que comprar esse jumper pq estava frio eeu nao tinha levado casaco na mala..so a jaqueta de chuva.. dai comprei esse verde sem nemperceber.. hahehe dai casou com a foto! Maior vibe peruana hauauhua.. Tem fila sim mas eh grande e todo mundo enccaixa haa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.