Primeiras impressões sobre Bolonha

Bolonha não é a cidade mais famosa da Itália, e geralmente fica de fora da maioria dos roteiros pelo país. Pra maioria das pessoas, Bolonha é só a terra do espaguete a bolonhesa, e só.

O que é engraçado, porque aqui em Bolonha não tem espaguete a bolonhesa, mas sim tagliatelle alla bolognese. A receita do espaguete foi aquela adaptação que deu tão certo que superou o original, mas não se acha na Itália…muito menos em Bolonha!

Mas enfim, o que Bolonha tem de especial?

Bolonha é a capital e maior cidade da região da Emília-Romana, no norte da Itália. Ela é conhecida pelos locais como ‘la grassa, la dotta e la rossa’.

La grassa (a gorda), porque a culinária daqui é sensacional e vai muito além do tagliatelle alla bolognese. Particularmente, sou fã da piadina, que é típica da Emília-Romana, e claro, do gelato.

La dotta (a culta), porque Bolonha é uma cidade universitária, mas não uma cidade universitária comum, mas sim a mais velha do mundo ocidental! A Universidade de Bolonha é a universidade mais velha do mundo ocidental, fundada em 1088. Intelectuais como Dante Alighieri e Boccaccio passaram por lá.

La rossa (a vermelha), devido a arquitetura da cidade, que é uma das cidades medievais mais bem conservadas da Europa, e utiliza de um material vermelho na construção dos prédios.

Quando decidi fazer essa viagem no meio do meu major, procurei por um lugar onde eu não iria morrer de tédio, mas também não teria tantas distrações e foi assim que vim parar em Bolonha. A cidade é grande e tem bastante coisa pra ver e fazer, mas não é uma loucura pros sentidos como Roma, Veneza ou Florença, ou tão cara como Milão, por exemplo.

Fiz como no ano passado e reservei um AirBnb na cidade, numa área bem central, mas que tecnicamente não é centro. Bolonha, assim como muitas cidades medievais, era cercada por um muro e tudo que está dentro do muro, é centro, fora, não é. Estou hospedado três ruas depois do muro, mas não estou no centro.

Essa linha laranjada formando uma espécia de octagno é o centro e eu estou hospedado numa rua logo depois dela.

Estou aqui faz duas semanas e acredito já ter feito e visto tudo – ou quase tudo – de turístico que tenha na cidade. Tenho mais duas semanas pela frente, que vou aproveitar pra curti la bella vita, focar no meu major e praticar mais o italiano.

No próximo post eu detalho mais o que fiz e vi, e o que têm pra ver e fazer por aqui.

Anúncios

2 comentários sobre “Primeiras impressões sobre Bolonha

  1. Eu nunca pensei em visitar Bolonha, mas sempre tive vontade de fazer uma road trip pela Italia, entao acho que um dia ainda visitarei. Adorei a explicacao de como a cidade eh conhecida e to chocada com essas informacoes de que a mais antiga universidade eh la e que o macarrao a bolonhesa como conhecemos nao eh como o original!!!

    1. Eu tb nao! Mas oh, to curtindo.. e sim, nao tem espaguete a bolonhesa aqui, nao huahuahua.. e outra, o molho a bolognhesa que a gente daz é ‘ragu di carne’ só.. o molho bolognese é bem mais especial e cheio de ingredientes especiais e MENOS CARNE..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s