Em busca do sucesso

Em setembro do ano passado, quando fiz aniversário de 1 ano em Cardiff, postei aqui no blog, e disse que eu estava procurando emprego e que sentia falta da vida de escritório. Pois bem, estamos no fim de fevereiro e a busca continua.

Já fiz uma porrada de entrevistas, cheguei até a dizer nao pra uma vaga que, mesmo sendo na área de design gráfico, nao era muito meu perfil e continuo na mesma, trabalhando remoto pra empresa da Irlanda. Que diga-se de passagem, é um emprego maravilhoso! Eu amo meu trabalho e amo a empresa pra qual trabalho. De verdade! Decidi correr atrás de outro porque depois de refletir bastante sobre o rumo que minha vida está tomando, quis retomar as rédeas.

E é nesse ponto que esse texto comeca a fazer sentido.

Desde que essa busca por emprego comecou, eu tenho me sentido um fracasso, um verdadeiro impostor! Foram tantos naos, tantas rejeicoes, tantos emails nao respondidos, que comecei a repensar a minha vida toda. Será que escolhi a profissao certa? Será que eu sou bom no que faco? Porque diabos estou fazendo um mestrado em uma área que tem tanta gente MUITO MELHOR do que eu? Será que já cheguei no ápice da minha carreira e daqui pra frente é só ladeira á baixo?

Além de todas essas questoes, estar de volta dentro de uma universidade é uma bencao e uma maldicao. Uma bencao porque estou aprendendo, estudando e me desenvolvendo mais, mas também é uma maldicao porque é impossível nao se comparar com a galera de 20/21 anos se formando, que já saem da faculdade melhor ou no mesmo nível que eu e vao concorrer ás mesmas vagas comigo.

Quando me mudei pra cá e encasquetei que queria um emprego, meu motivo era bem simples: sentia que minha carreira nao iria progredir mais na empresa que estou e que, se eu quisesse crescer, teria que mudar de ares. E continuo pensando assim.

Mas, e se a vida está me dizendo “nao, voce está errado! Fique onde voce está porque lá fora voce nao tem vez!”?

Conheco pessoas, mais novas e na mesma faixa etária que eu, que estao abrindo empresas, contratando pessoas e penso “eu nunca poderia ser um empresário”. Vejo pessoas sendo contratadas pra trabalhar em empresas grandes, estúdios importantes e penso “isso nunca vai acontecer comigo”. Vejo pessoas investindo na compra da primeira casa, casando, tendo filhos e penso “nao sei nem onde vou morar em 6 meses”.

Há uns dias atrás, em um dia particularmente forte no quesito WTF AM I DOING WITH MY LIFE?, comecei a conversar com um amigo e, gracas a algumas perguntas chave que ele fez, acabei citando algumas de minhas conquistas – que é por si só um feito, porque eu odeio falar de mim dessa maneira. Se tem uma coisa que eu nao quero me tornar nessa vida, é um cara cheio de si mesmo, “se achao” e na minha cabeca, ficar contando, mostrando, compartilhando trófeis e conquistas, é ser esse cara.

Porém, tempos difíceis requerem solucoes difíceis e pra acalmar minha alma, comecei a listar todas as coisas que conquistei até agora, uma a uma.

Ao terminar a lista, olhei pra minha vida e pra minha história com um olhar diferente. Talvez, algumas pessoas olhem pra mim do mesmo jeito que eu olho tantas outras. Afinal, a grama do vizinho é sempre mais verde.

Daqui pra frente, vou tentar me cobrar menos e relaxar mais. Continuarei procurando emprego, mas nao apenas em Cardiff. Continuarei fazendo o meu trabalho da melhor forma que posso. Vou aproveitar mais do fato de trabalhar remoto e viajar mais. Vou focar minhas energias na reta final do mestrado e o mais importante, vou me amar mais.

Anúncios

7 comentários sobre “Em busca do sucesso

  1. Te entendo, viu. To na mesma, tentando arrumar emprego, tomando não na cara, e questionando tudo. Mas olha, não se preocupe em ser aquele cara lá, o se achão, rs. Ficar se gabando, jogando vitória na cara dos outros a torto e a direito, pensar muito de si e esquecer dos outros é uma coisa. Reconhecer suas conquistas, seus méritos, e valoriza-los, é outra, bem diferente. E as vezes a gente precisa mesmo, se olhar no espelho e se lembrar de tudo de bom que já fizemos.

  2. Minha nossa… Quase choro porque tô exatamente assim. E eu odeio falar sobre minhas conquistas, fico pensando que não mereço elas mas não sei porque não mereço, pura auto sabotagem.
    Vem pra Alemanha 🙂
    Procura algo em Berlin, dizem que o mercado lá tá bem aquecido.
    Vai ver somos o tipo de pessoa que jamais vai criar raízes e o destino fica forçando a gente à sempre mudar.

    • Muitas lágrimas foram derramadas até esse post sair hahaha.. demorou pra ficha cair. Foda, ne? Eu to cogitando Dublin, Berlin, Copenhaguen e Breda. Mas nao to mandando CV pra ngm até acabar o MA.. uma coisa de cada vez rs.

  3. Porra, estou bem nessa pegada viu. Um turbilhão de coisas acontecendo e não sei exatamente quem eu sou nessa história. Tive uma crise existencial em dezembro, que estou tentando me achar ate agora.

    Estou planejando um intercâmbio para Cardiff, para o segundo semestre desse ano, mas você pontuou uma coisa muito importante.

    Emprego.
    Tb sou Design Gráfico e trabalho em uma gráfica rotativa no interior de SP.
    Qr fazer esse intercâmbio, mas preciso trabalhar tb, não necessariamente na area, mas preciso de um emprego para me manter ai. Como você disse no texto, esta procurando trabalhar na area de design, mas como é para arrumar outro emprego ai?
    Irei com um inglês mais ou menos, tentar ganhar a tão almejada fluência ai. Você sabe se tem campo para pessoas como eu?

    Se puder me mandar um email para irmos conversando, ajudaria muito.
    Parabéns pelo Blog gostei.

    Abs
    Lucas

  4. Olá Rick. Primeiramente quero te parabenizar por tudo que postou e compartilhou com nós brasileiros . Você é um guerreiro e já é um vencedor .só de ter saído do Brasil pra morar,estudar e trabalhar em uma terra estranha tem quer ser muito corajoso Espero que tenha muito sucesso na sua vida profissional e pessoal pois pessoas determinadas como você merece.gostei de mais do post sobre a Irlanda em especial sligo. Já venho observando essa cidade da Irlanda faz tempo pela internet é muito linda parece um paraíso pra se viver. Aproveite e Boa sorte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s