Florianópolis, a Ilha da Magia

Até os meus 20 anos, eu só conhecia o estado de Sao Paulo. Bauru (duh), várias cidades do interior, a capital e algumas praias do litoral. Quando completei 21, fui visitar um amigo em sua cidade natal, Curitiba, no Paraná. Foi minha primeira viagem inter-estadual, fui de busao e OMG como demorou pra chegar lá. Com 23, pouco antes de sair do Brasil e embarcar pra Irlanda, fiz um cruzeiro com uns amigos e conheci mais dois estados: Rio de Janeiro e Bahia.

Daí fui pra Irlanda, vim pro País de Gales e toda vez que conheco uma pessoa nova, tenho que passar pela ~vergonha~ de dizer que conheco mais da Europa do que do Brasil. Cansado dessa realidade, fiz um pacto comigo mesmo e resolvi que toda vez que eu for visitar minha família no Brasil, vou também fazer uma viagem por lá e conhecer um estado novo. Desse jeito, nao deixo de passar tempo de qualidade com eles e aproveito pra conhecer mais meu lindo país.

Como eu já havia comprado passagens para o Brasil há meses atrás, resolvi botar essa resolucao de vida em prática e, meio que sem consultar a família, reservei voos para mim e minha mae para visitarmos Florianópolis, capital de Santa Catarina.

Vista de um dos mirantes da ilha

Vista de um dos mirantes da ilha

Quando contei pra minha mae do feito, ela ficou tao feliz que acabou contagiando meu irmao também, que resolveu ir junto com a gente.

Voamos de Sao Paulo, na manha do dia 4 de janeiro, e voltamos na tarde do dia 8. Se pudesse, eu teria ficado muito mais, mas quando reservei as passagens utilizei minha mentalidade européia e achei que 4 dias seriam suficientes. Ledo engano, deveria ter ficado no mínimo uma semana.

Piscinas Naturais Barra da Lagoa

Piscinas Naturais Barra da Lagoa

Alugamos um carro no aeroporto mesmo e com a ajuda do Google Maps, rodamos a Ilha da Magia, como é conhecida pelos locais, inteirinha. Ficamos em um hostel bem família, na Praia do Campeche, mas só íamos lá pra dormir, porque passávamos o dia todo passeando pela ilha.

Floripa tem muita, mas muita coisa legal mesmo. Tipo, demais. Tem a Lagoa da Conceicao, a Lagoa e o Parque do Peri, Projeto Tamar, Projeto Lontra, matas e montanhas, mercadao municipal, dunas, Piscinas Naturais rodeadas por pedras, uma vilinha portuguesa super charmosa, e claro, muitas praias lindas.

Depois de 4 dias em Floripa, entendi porque a cidade é tao querida e tao disputada. Além de muito linda, seus habitantes sao muito educados e hospitaleiros. Já quero voltar!

Familia reunida <3

Familia reunida ❤

Anúncios

12 comentários sobre “Florianópolis, a Ilha da Magia

  1. Eu tava lá tb e me coçando pra perguntar até quando ficarias pq queria ver se a gente se esbarrava por lá. Mas no fim não perguntei nada. Pegasse uns dias lindos! Fico feliz que tenha gostado aqui do Sul! E que volte muitas vezes. Beijão!

  2. Ah, lá é muito legal! Estive em um congresso e consegui conhecer bastante coisa também! É bem tranquilo de rodar a ilha de carro, né? E tá mais que certo de querer conhecer mais o Brasil, tem muito lugar incrível por aqui =)) Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s