Meu Brasil, brasileiro – parte I

Voces já perceberam que eu sumi do blog nesse mes, né? Aliás, eu gostaria de agradecer lá do fundo do coracao, porque mesmo sem post o blog continuou recebendo um número bem razoável de visitas diariamente. Obrigado, gente! ❤

O motivo da minha sumida foi a minha visita ao Brasil, que voces já estao carequinhas de saber. Eu sai da Irlanda cheio de planos para os meus dias em terras tupiniquins, mas acabou que eu nao fiz nada de diferente. Curti muito minha família e o coisa-mais-linda do meu novo sobrinho, o Nicolas; comi muita comida boa (a cozinha brasileira é a melhor do mundo e nao tem pra ninguém); curti os cachorros (Dante ficou tao feliz quando me viu que, além de lamber, chorar e morder, ele rosnou super bravo pra mim! Ele estava me dando bronca, eu acho) e claro, fiquei muito tempo em casa lagarteando.

Por conta disso, eu nem iria escrever nada sobre a minha estadia por lá, mas me lembrei que no último post eu me fiz algumas perguntas e vou usar esse post pra responde-las.

Mas antes, eu preciso falar da saga que foi pra eu chegar lá.

Peguei o trem de Sligo pra Dublin às 13h de uma sexta, meu voo partia às 18h do aeroporto de Dublin. Cheguei em Madri por volta das 21h30 e meu voo pra Sao Paulo partiu só à meia-noite. Eu voeei de Iberia e nao tenho muito o que reclamar nao, o voo foi super ok, mesmo nao tendo TV na minha poltrona. A brincandeira durou 11h e eu cheguei em Sao Paulo por volta das 07h da manha, por conta do fuso-horário. Essa coisa de fuso-horário dá pau no sistema da gente. Eram 07h, mas eu tava sentindo como se fosse 13h. Cheguei no aeroporto de Guarulhos que ó, tava de parabéns (só que ao contrário) com a organizacao. #querovernacopa

10168220_676519515716506_4864411814119640240_n

Quem me buscou no aeroporto foi a Bia, que como boa paulistana me tirou da muvuca do aeroporto e me levou pra um lugar seguro rapidinho. O lugar seguro foi a casa de uma super amiga minha, a Morena, que me hospedou pro final de semana na sua super casa nova. Fiquei o fim de semana em Sao Paulo pra rever uns amigos e porque nao iria aguentar seguir viagem pra Bauru. Cheguei em Bauru só no domingo, de carona com uma outra amiga, a Soraya, que foi pra Sao Paulo só pra me buscar! É muito amor! ❤

Já em Bauru, revi família, cachorros (foi nessa hora que o Dante me atacou), amigos e fiz tudo que falei lá no comeco.

Como eu já falei demais, vou deixar as perguntas pra parte II, ok?

Ps: É sempre bom manter um gancho no final pro leitor voltar.

Anúncios

6 comentários sobre “Meu Brasil, brasileiro – parte I

  1. Pingback: Meu Brasil, brasileiro – parte II | Livin' La Vida…Rick!

  2. Pingback: Retrospectiva 2014 | Livin' La Vida…Rick!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s