Uma aventura pela Costa Oeste da Irlanda – Cliffs of Moher Tour

Eu não sou muito fã desses tours fechados, mas como o Buséireann só tem horário decente de Galway para os Cliffs of Moher nos meses de Julho e Agosto, tive que ceder e ir de tour pra lá.

O tour custou 25 euros e foi operado pela empresa Lally’s Tour. Eles ofereciam, além da visita aos Cliffs, paradas em alguns outros lugares legais que ficam pelo caminho.

Saímos de Galway sábado às 10h com destino a Aillwee Cave, uma caverna de milhares de anos, descoberta apenas em 1940. O tour durou cerca de 30 minutos e custou 5 euros (única atração não inclusa no pacote). Dizem que quando a caverna foi descoberta, ursos a usavam para hibernar durante o inverno, por isso que um urso é o símbolo do lugar hoje.

Da caverna nós seguimos para os Cliffs, que ficam no condado de Clare, um dos condados mais cheios de riquesas naturais da Irlanda. O ônibus chegou lá por volta do meio-dia e o motorista nos deu 2h30 de visita. Novamente o tempo estava estupendamente maravilhoso e podemos aproveitar a beleza dos Cliffs sem interferência.

Vista da esquerda

Vista da esquerda

A entrada principal dos Cliffs é bem no meio, o que te dá a opção de seguir esquerda ou direta. Esquerda é área dos Cliffs que é propriedade do governo e direita é a área que ainda é propriedade privada, com menos proteção, mas muito mais alta e sensacional.

Direita - aqui que a cena da caverna do medalhão de HP 6 foi gravada!

Direita – aqui que a cena da caverna do medalhão de HP 6 foi gravada!

Advinhem qual que eu escolhi?

A vista lá de cima é indescritível de tão bela. Olhar pro horizonte e ver aquela imensidão de mar azulzinho quebrando em ondas na base dos cliffs é lindo demais. Sem contar a sensação de liberdade que a gente sente. Dá até vontade de pular e ver se vai sair voando.

Não, não estou com pensamentos depressivos. Mas por lá tem plaquinha dos Samaritanos com mensagens do tipo “nós podemos te ajudar, não pule”.

Alto, né?

Alto, né?

É bem difícil explicar a sensação de estar nos cliffs, por isso vou parar por aqui e espero que as fotos passem a ideia pra vocês.

Depois dos cliffs nós fomos almoçar em Doolin, uma pequena vila no condado de Clare que vive única e exclusivamente da produção de pescado. É uma vilinha pequenininha e super charmosa. Lá eu comi pela primeira vez o “seafood chowder“, que é uma espécie de sopa com camarão, salmão, lula, mariscos e outros frutos do mar. É bem gostosa!

De Doolin nós seguimos de volta pra Galway e no caminhos nós paramos no Dunguaire Castle, que fica pertinho de Galway. O castelo data do século XVI e era a casa do rei de Connacht, região onde fica Galway, que eu já expliquei nesse post aqui.

Dunguaire Castle

Dunguaire Castle

Ainda no sábado eu peguei outro ônibus em Galway e voltei pra Sligo, onde passei a noite no conforto do meu lar e me preparei pra seguir viagem na manhã seguinte pra Derry~Londonderry, na Irlanda do Norte.

Anúncios

5 comentários sobre “Uma aventura pela Costa Oeste da Irlanda – Cliffs of Moher Tour

  1. Ah, bom saber que esses tour de ônibus não são tão ruins assim. Tinha muito gringo no tour? Por quê você não subiu do outro lado, não ia dar tempo? Quando fui, andei dos dois lados! Mas com o tempo bom, é lindo de qualquer ângulo, né?

  2. Como aluguei um carro com a galera, de tempo de conhecer os dois lados. Pra mim o nome deste castelo era Dunluce (passei por ele também), mas acabei de ver no Google que confundi com outro castelo. E cadê a foto da caverna?

  3. Pingback: Retrospectiva 2014 | Livin' La Vida…Rick!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s