OFFSET Dublin

Que Dublin é o hub digital da Europa todo mundo sabe, né? Mas e que Dublin também é um hub criativo e de design gráfico, você sabia?

O OFFSET é o evento de design e criação mais importante de toda a Irlanda e também um dos mais importantes da Europa. O objetivo do OFFSET é provar que a Irlanda também pode produzir ótimos designers, ilustratores e criativos e claro, trocar muito conhecimento, ideia e bater-papo com quem está começando: os estudantes.

O OFFSET realizou a sua 6ª edição, no Board Gás Theatre em Dublin, entre os dias 21, 22 e 23 de março. Os tickets não são foram nada baratos (70 euros/dia), mas tratando-se de um evento desse porte e com essa importância, valeu muito a pena! Infelizmente eu não pude ir nos 3 dias e fui só no sábado, dia 22.

A estrutura do evento é bem parecida com os eventos de design, publicidade e comunicação que temos no Brasil: um palco principal com paletras e outros palcos com workshops, exposições, entrevistas e etc. Como eu não ia aproveitar tudo, resolvi gastar o meu sábado todo no palco principal, vendo as palestras.

O evento começou às 10h com a palestra do designer norueguês Bjorn Lie, que trabalha suas ilustrações com um tom “old school” e cheio de personalidade. Sua especialidade são personagens e caricaturas e ele é fantástico!

Às 11h quem falou foi a artista plástica Sarah Illeneberger, uma alemã eradicada em Londres, que trabalha com fotografia e elementos pra criar as suas obras de arte. Ela é incrível! Não encontrei palavras pra descrever o trabalho dela, veja por você mesmo aqui ó.

Ao 12h foi a vez do Tom Hingston, um designer/fotógrafo londrino chato pra burro, sem um pingo de carisma, mas que possui um portfólio excelente! A principal lição da sua palestra foi 1) não tenha medo de arriscar, 2) expresse sua personalidade no seu trabalho e 3) brinque muito com as cores.

Às 11h foi a vez do fotógrafo irlandês Richard Mosse tomar o microfone e diferente do Tom, fazer a platéia rir pra caramba de suas palhaçadas (irlandês é mais legal que inglês, não adianta). O Richard é fotógrafo de desastres e viaja o mundo tirando foto de desastres que já acontecerem. Na palestra ele nos mostrou uma série de fotos da Guerra do Congo, mas que tinham um detale especial: foram tiradas com filtro pink. Incrível ver aquelas cenas de pobreza, guerra e destruição com uma tonalidade pink. É algo que não faz sentido, mas que é incrível!

Depois do almoço, às 15h quem deu a palavra foi o designer gráfico Neville Brody, que é o cara responsável pelo redesign de toda a rede BBC de televisão e do Royal College of Art London, a faculdade de design e comunicação mais respeitada do Reino Unido.

Tá bom ou quer mais?

Depois do Neville, quem pegou a peteca foram os caras da Brown Bag Films, uma produtora irlandesa, fundada em 1994, que produz os desenhos infantis mais famosos do mundo: Octonauts, Olivia e Peter Rabbit! Você pode até não conhecer, mas se você conhece alguém que tenha um filho/a de 1 a 3 anos e que tenha TV a cabo, eles conhecem.

A última palestra do dia foi na verdade um vídeo, de uma entrevista com Milton Glaser, um velho ranzinza, com pegada de gênio que é a mente por trás do logo I HEART NY. O vídeo dele foi um pouco decepcionante, pois por ter essa pegada ranzinza e “eu sou gênio”, não motivou ninguém.

Como designer eu aproveitei MUITO do OFFSET e espero poder participar dos 3 dias no ano que vem!

Anúncios

Um comentário sobre “OFFSET Dublin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s