O lado ruim da Irlanda

Nem tudo aqui na Irlanda é melhor ou funciona melhor do que o Brasil. Na verdade, o país do futebol dá de 10 a 0 em muita coisa no país da Guinness, quer ver?

1. Banco
Abrir uma conta em um banco irlandês é um parto de gêmeos de tão burocrático, complicado e demorado. Vocês lembram o perrengue que eu passei pra abrir a minha, né? O sistema bancário aqui é bem mais atrasado do que o sistema bancário brasileiro, o internet banking irlandês é uma piadinha de mal gosto e não posso deixar de citar que o banco aqui ainda preenche ~recibinho~ quando efetuamos saque.

É mole?

2. Hospitais
O Brasil pode não ter a melhor infra-estrutura do mundo, mas o sistema público de saúde brasileiro tem uma proposta maravilhosa, que é saúde grátis e acessível pra todo mundo. Aqui na Irlanda se você quiser dar uma passadinha no médico pra tirar aquela sua pintinha no canto do olho que tanto te incomoda, você vai penar. Aqui só se dá entrada no hospital com indicação do clínico geral, que é pago.

Ah, mas eu não posso ter plano de saúde.
Pode, mas vai pagar do mesmo jeito.

Aqui não tem essa de “estou com gripe” e vou pro hospital. Aqui é: estou com gripe, fico em casa descansando, tomo chá de gengibre e se não passar, pago 50inha na consulta com o clínico, que me manda fazer o que eu já fiz. Se for muito grave ele ATÉ pode indicar pro hospital.

3. Ônibus inter-cidades
O Dublin Bus é maravilhoso (caro demais infelizmente), mas o BusEireann é terrível. O BusEireann é uma empresa governamental irlandesa que domina 95% do mercado de ônibus inter-cidades do país. Eu até diria que ela é a única que oferece o serviço, mas tem umas outras 2 ou 3 que oferecem trechos especificos, como Dublin, Belfast, aeroportos e Cork.

Só, o resto é todo operado pela BusEireann.

Eles cobram o que querem, param quando querem e te tratam como querem, porque né…não tem concorrência. Se você não gosta deles, engole, porque você não tem outra opção.

Os horários dos ônibus no site são “folhinhas” em PDF (sic sic sic) pra download.

4. Restaurantes baixo-custo
Ai que saudades de ter 1212434 opções de restaurante self-service pra almoçar. Comer em restaurante na Irlanda é caro, não adianta. Aqui não tem opção de restaurante baixo-custo. Na hora do almoço, se você não pode pagar um restaurante decente, se vira com sanduíche e “lunch meal” da vida por aí. Nada de comer um refeição de verdade por menos de 10 euros.

Saudades self-service à 19,99kg.

5. Dentistas
Aparelho ortodôntico, limpeza, clareamento e etc na Irlanda custam os “eyes of the face” (tô ligado que a expressão correta é “an arm and a leg“, mas “eyes of the face” é bem mais legal). Nada de ter dezenas de opções para colocar seu querido aparelho ortodôntico ou fazer seu clareamente trimestral, aqui tem que torcer pro dentista não cobrar tão caro e ter agenda disponível.

6. Baladas
Aqui na Irlanda a festa acaba às 02h30, no máximo às 03h. A festa continua começando às 00h. Não preciso mais desenvolver esse tópico, né?

7. Fumantes
O Brasil chegou em um ponto em que os fumantes são tipo uma espécie em extinção, estranha e nem um pouco bem-vinda. Na Irlanda isso acontece com os não fumantes. Dos meus amigos irlandeses, acho que 85% deles fumam e não se sentem nem um pouco mal por isso. Uns falam até que fumar deixar eles mais quentinhos. É cool, é aceitável e se você se incomoda, paciência.

Guys, I don’t care that you smoke at all, ok?

8. Privada
Todas as privadas que tive contato nesse país (e foram muitas) têm apenas aquela caixinha de água pra dar descarga e que nem sempre é suficiente. Saudades privada com água da rua que dá pra ficar apertando por 2 minutos se for preciso.

Ninguém merece ficar mais tempo no banheiro esperando a caixinha de água encher, gente!

9. Café
Eu não tomo café, mas eu sei que o que eles chamam de café aqui a gente chama de sei lá, aguinha preta com cheiro. O espresso deles é igual o espresso do Brasil, mas aquele café preto forte que a sua mãe/vó passa como ninguém simplesmente não existe. Esquece, amigo.

10. Eles não tem frango com catupiry.
Tópico que não precisa de desenvolvimento.

Anúncios

18 comentários sobre “O lado ruim da Irlanda

  1. É complicado fazer esse posts de “lado ruim”. Sou usuário há anos do BusEireann e considero um serviço muito melhor do que o oferecido no Brasil Onde os ônibus são sujos, cadeiras quebradas e precisando de manutenção urgente. Na maioria da vezes nao há ar condicionado e motoristas que dirigem como doidos. AAhh e não esqueçamos os eternos atrasos no Brasil. Usei durante décadas empresas como Itapemirim e Cometa (e ainda uso quando vou ao Brasil) e aqui é MUITO melhor. Pelo menos de acordo com as experiências que tenho e de todo mundo com quem convivo.

    • Ah sim sim, concordo com você. Eu não quis comparar o Busaras com as empresas brasileiras..apenas quis exemplicar que é ruim ter apenas uma cia fazendo o trabalho que poderia ser feito por mais empresas.

  2. Olá!

    concordo com certas coisas…Então ,essa aí dos Bancos…Meu marido me disse que a tecnologia por trás dos sistemas está ao nível do que era usado ha uns 10 anos em Portugal (e Portugal não é famoso por ser um paraíso de IT como aqui a Irlanda)

    Quanto à saúde, me desculpe, mas não concordo lá muito.
    Vivi no Brasil durante um ano -nesses ultimos anos vivi em 3 continentes diferentes- e posso fazer comparações.
    Eu tomo muito a sério a saúde porque até já fui evacuada por avião-hospital com hemorragia interna…Ou seja, faço sempre um trabalho de casa muito minucioso sobre seguros de saúde e sistemas de saúde.
    Infelizmente, a saúde na Brasil é um campo que precisa de ser muito melhorado.
    Ah, e ja testei o serviço nacional de saude irlandês em condições extremas e funcionou direito .
    O facto de pagar taxa faz uma boa triagem do que é sério e não é sério. E acredte que quando a gripe ataca você , o certo é mesmo ficar quieto durante 3 dias e dando chance para seu corpo resolver. SÓ depois disso, é caso de médico.
    Por isso que há essa epidemia louca dos anibioticos e de bactérias super-resistentes. O povo adora ir no médico e tem de sair com uma receita na mão. Se não sai com pedidos de exames e medicamentos…então o médico não presta! E isso é excelente para criar o “cientelismo” e comercialização dos médicos.
    Vocé pode sempre recorrer a um telefonema para a Linha de Apoio Telefonico que fará uma triagem básica e te orientará.

    Uiii, isso do aparalho ortodontico dá boas histórias. Meu marido usa aparelho e obrigatoriamente a higiene dental tem de ser ainda mais apurada. Mas , ele é visto como “ave-rara” por lavar os dentes após as refeições e lanches:)
    Cada consulta para ir acertando o aparelho custa 200euros, acredite que dá vontade de arrancar aquele aparelho fora e terminar logo o tratamento:)))

    • Sim, Angela…o sistema brasieiro é muito bom, mas nao funciona tão bem. E isso que você disse é bem verddde, isso comercializou os medicos e brasileiro vai pro médido por qualquer coisa.

      Que caro o aparelho aqui! Não fazia ideia!!

  3. Você lê meus pensamentos! Eu tava comentando com o R. esses dias que queria fazer um post de coisas ruins da Irlanda, mas mais especificamente de Dublin….

    Eu não uso o serviço do BusEireann mas já usei Dublin Bus e digo: o serviço não é essa coca-cola toda pra cobrar os preços que cobram.

    Sobre hospitais, médicos e dentistas: concordo.

    Sobre restaurantes, acho que depende muito do que você tá procurando. Já comi bem em restaurantes por pouco!

    • Quero ler esse post do ruim de Dublin SIM! Pode escrever!

      Eu não uso muito Dublin Bus, deve ser por isso que acho o máximo.

      Ah, mas self-service 16,99kg com milhoes de opcoes que nem a gente acha no Brasilzão não tem…nem PF de 6.90 com coquinha 200ml.

  4. Just under 21% of Irish people smoke. So you could say 1 in 5 people. It’s not good but it’s certainly not an outrageous figure. That figure also includes people who only smoke socially or when they’re drunk.

    In Brazil, 21.65% of males smoke. So that is 1 in 5 men. Almost identical to Ireland.
    http://www.tradingeconomics.com/brazil/smoking-prevalence-males-percent-of-adults-wb-data.html
    I couldn’t find the figure for women but I’m guessing it’s not drastically lower than here.

    As for internet banking being a joke? I’m not really sure what you mean, as I find it very convenient and easy to use. Is Brazilian internet banking more advanced? And in what way?

    I agree with a lot of the other things about healthcare and transportation problems. However, this is a common problem in many countries.

    As for having the flu and going to hospital…..I don’t think it’s necessary unless you are in a position of vulnerability. The flu is a virus that has to run its course. Prescription meds like antibiotics can be over prescribed and add to the resistance problem.

    Chicken with cheese haha! You could ask them to just melt cheese on your chicken??

    🙂

    • The statistics can say that but the feeling we have in Ireland about smoke is drastically different. In Brazil, the smokers still being adults over 35, the 80’s/90’s generation rarely smoke. In Ireland, I see every day teenagers in their 15/16 smoking. My generation in Brazil avoid smoke, my generation in Ireland is part of it. Brazil has been fighting against smoking in so many ways and I guess it has had some results already.

      Brazil has one of the most effective and better internet banking in the world. Probably is to justify so many taxes they charge, but we cannot complain about the services. The Irish one seems amateur compared to the Brazilian one.

      I don’t think people should go to the hospital when they get the flu, I think they should stay home and get some rest. The point is, they can go if they want to and they don’t have to pay for a GP before do it. They just go. Of course no one wants to go to the hospital always. I’m not saying our hospitals are better than the Irish ones, I’m saying that the system is better as is free for everyone doesn’t matter what.

      I know transportation is a problem in every country, and we have a terrible public transport in Brazil. The Irish as loads of others countries are so better. What I said is that Busaras is the only company doing the service that others companies could do too. It would make the service better, cheaper, cus that’s what concurrence does.

      And cheese..hahaha..the problem is that Ireland doesn’t have the catupiry cheese to melt on my chicken!

      😉

      • Yeah, Bus Eireann does monopolise the market and it’s a shame really because it defeats the purpose of open competition. I don’t think that will change any time soon though. 😦

        As for smoking, Ireland is making good progress but not enough. It is still very common among the younger generation, primarily with alcohol.

        You should build our own catupiry cheese farm. Problem solved.

  5. Muito bom!
    O rapaz aí falou que a porcentagem de fumantes no Brasil e na Irlanda é praticamente a mesma. Olha, pode até ser, mas o que a gente vê por aqui é que pessoas mais velhas são as que mais fumam, a galera da minha idade do meu convívio e tal é praticamente toda não-fumante. Já na Irlanda, a gente vê muita galera nova fumando. E eu tive a mesma impressão que você teve sobre o cigarro, pra mim parecia muito mais comum ver irlandeses fumando do que brasileiros.
    O sistema bancário brasileiro está a cem anos luz de distância à frente da Irlanda. Internet Banking irlandês faz parecer que você está brincando de ser gente grande com um simulador de internet banking de verdade! Jaysus!
    Saúde pública… ah, descordo dos argumentos em favor da saúde irlandesa, hein. Cobrar para fazer triagem e só ir quem precisa? Ahan, claro. Porque quando eu passo mal eu faço questão de ir ao hospital só porque é de graça. Acho que não é bem por aí, ninguém acha que ir para hospital é um programão. E outra, apesar do exemplo que você deu, não conheço ninguém que vai para o hospital porque está com gripe, todo mundo se auto-medica por aqui, quando a pessoa vai ao hospital é porque já teve febre alta ou os sintomas pioraram e acho ótimo saber que não preciso aguentar até ficar muito mal pra não ter que pagar pelo atendimento (se bem que, no meu caso, eu pago anyway porque pago o convênio).
    Você também poderia ter falado como frutas são caras por aí! Não que aqui esteja tudo baratinho (esses dias vi um melão, dos grandes, por 7 reais… SETE REAIS!), mas aqui ainda temos mais variedade e preço melhor. E as caixas de morango, quando caras, ainda custam 5 reais e não “fresh strawberries 2 euro” que dá mais de 6 reais e esse é o barato deles! hehehe…
    (meu comment virou um post! hehe)

    • Tb nao acho que as pessoas deviam ir no hospital qdo tão com gripe, foi apenas o exemplo mais fácil pra msotar que mesmo um probleminha tosco pode ser tratado de graça no hospital. É só levantar a bunda da cadeira e ir. Claro, nao citei a parte da espera e etc etc etc.

      Esqueci de citar das frutas! Eu qse nunca como frutas aqui por isso…

  6. Pingback: Licença de TV | Livin' La Vida…Rick!

  7. Pingback: Desafio 52 semanas: 15 #O pior da Irlanda | Livin' La Vida…Rick!

  8. Pingback: Desafio 52 semanas: 23# Intercambistas que me incomodam | Livin' La Vida…Rick!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s