NYE Dublin

O Revéillon aqui na Irlanda é paradíssimo e por pouco, quase inexistente. É praticamente um dia normal, tudo fica aberto normal, as pessoas não se vestem toda pomba, ninguém usa branco, ninguém pula onda, come lentilha ou romã e muito menos jogam comida no mar.

O que geralmente acontece é a galera se reunir com os amigos pra beber, fazer uma festinha em casa ou sair pra balada e curtir a virada.

Simples assim.

Mas nem tudo tá perdido. Desde 2011/2012 a cidade de Dublin resolveu fazer uma programação de Revéillon digna de uma capital e assim foi criado o NYE Dublin (New Year’s Eve Dublin), que esse ano teve a sua 3ª edição.

O NYE desse ano foi na College Green Street, em frente ao Trinity College e Bank Of Ireland. Foi montando um super palco na frente do banco e luzes foram projetadas na parede do Trinity. Os tickets custaram 25 euros e a festa começou as 20h30, mas tinha hora pra acabar, 0h30.

993500_10153680387105374_1727403473_n

Tava frio, na casa dos 1 graus, mas isso não impediu a multidão presente de curtir o show das 4 bandas irlandesas que tocaram e de ficar bêbado de cair em 4h. Dentro da área do evento não podia entrar com bebida, mas tinha trailers de bebida pra vender, então deu na mesma.

Eu dei a sorte de adoecer 2 dias antes da festa e estava lá bem quietinho, vendo todo mundo se divertir loucamente.

O ponto alto mesmo foi a contagem regressiva, que acompanhamos na parede do Trinity, por que os fogos não duraram muito tempo. Deu tempo de eu abraçar as CINCO pessoas que estavam comigo e só, fim dos fogos. Isso dá o que, 3 minutos?

Mesmo não sendo um grande revéillon, o revéillon de Dublin é bem interessante e valeu super a pena, ainda mais pela companhia e pelo beijo de meia-noite. pela experiência.

Depois do NYE nós fomos andar pelas ruas do Temple Bar, acabamos entrando em uma balada péssima, mas nos divertimos bastante!

Próximo ano eu espero passar em outro lugar (dizem que em Edimburgo é sensacional).

Anúncios

7 comentários sobre “NYE Dublin

  1. Usar branco: só no Brasil.
    Quando passei ano novo nos EUA, ninguém estava vestido de branco nem nada. Na Inglaterra, idem. No fundo, acho melhor assim, não sou adepta dessas superstições de ano novo.
    Mas Rick, Ano Novo no Brasil é o que há, não tem jeito! Oh povo que sabe se divertir! Tava dando 7 da manhã, eu na praia vendo o sol nascer e a galera ainda tomando cerveja!
    Best réveillon ever! 🙂
    Happy 2014!

  2. Pingback: Retrospectiva 2014 | Livin' La Vida…Rick!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s