9 meses de Irlanda

Quando olho pra tras eu nao acredito que ja se passaram 9 meses que moro na Irlanda, mas o calendario nao mente, ne? 9 meses. O tempo de uma gestacao. Nao, eu nao estou gravido. Minha irma que esta. ❤

No post de 6 meses eu disse que o que mais marcou o meu primeiro semestre na Ilha da Esmeralda foi a rotina. Mas e o marco dos 9 meses? Com certeza, è a saudade.

saudade2

Tenho saudade de tudo e de todos. Quem me conhece sabe que sou 100% sentimento, todo emotivo e choro com facilidade, mas aqui chorar è ainda mais fàcil. Choro com comercial de margarina se deixar. Nao è um choro de triste, è um choro de saudade. Saudade nao è necessariamente triste. Saudade è um sentimento agridoce.

Eu nao seria eu se nao tivesse saudades daquelas pequenas coisas que me fizem ser como sou. Saudades do cheiro de comida da minha mae. Mesmo quando ela insistia em sò fazer arroz, feijao e linguica calabresa fritinha com cebola e um suco de acelora batida com acerola do pè de acelora que tem là em casa. Saudades do Dante lambendo a minha cara, rocando o brinquedo dele na minha perna e me torrando o saco pra leva-lo pra passear. Saudade ate das ‘travadas’ que ele dava ao rejeitar voltar pra casa. Saudades das minhas sobrinhas mexendo nas minhas coisas, baguncando meus livros, jogando pedras na janela do meu quarto, me chamando de tio bobo, me fazendo cocegas ou simplesmente me ignorando quando eu pedia um beijo ou abraco.

Saudades das conversas sobre o futuro com meu irmao e do momento ‘gossip girls’ com a minha cunhada. Saudades do colo da minha irma e do abraco que sò ela sabe me dar. Saudades dos happy hours com os amigos no nosso bar preferido, regado a muita batata com bacon. Saudades de ir no cinema em galera e sair comentando o final do filme na fila. Saudades de todos os micos que eu sempre pagava junto deles.

Saudades ate do sol escaldante de Bauru na hora do almoco. Saudade do sol, nao do calor. Saudades da bagunca que eram as reunioes familiares dos parentens do lado da minha mae e dos momentos de nostalgia que eram os encontros com os parentes do lado do meu pai. Ainda estou aprendendo a lidar com esse negocio de saudade, estou ensinando meu subconsciente a lidar com isso.

Tenho sonhado menos, tenho ‘enchido’ menos o saco no Facebook e aos poucos, estou desapegando. È dificil, mas è necessàrio, afinal, a minha vida è onde eu estou e casa è onde o wifi conecta automàtico. Quem venham os pròximos 9!

Ps: Enquanto voce le esse post, eu estou curtindo Veneza, na Itàlia. Morra de inveja.

Anúncios

2 comentários sobre “9 meses de Irlanda

  1. Passa muito rápido, gente! Eu lia seu blog quase você vendia caneca pra vir pra cá!!!!

    Eu sinto saudade da família e amigos, mas não de São Paulo. Tenho a impressão de que a vida vai seguindo mesmo sem a gente, sabe?

    E com a internet, as distâncias parecem muito menores, então é difícil “morrer” de saudades…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s