Austrália feelings

Minha adolescência foi bem atípica e eu costumo chamar de bolha. Enquanto meus amigos descobriam a vida, eu construía meu mundo paralelo. Nessa época, eu ouvia uma banda australiana chamada Hillsong United. Uma banda gospel que foi trilha sonora da minha vida dos 14 aos 19 anos. Acompanhei o lançamento de uns 5 CD’s, ouvi tantos outros, fui em 3 shows e claro, traduzi muita música.

Foi a paixão pelo United que me deu o empurrão no inglês. Enquanto meus amigos traduziam Evanescence, Avril Lavigne, Red Hot, Oasis, Blink 182 e cia, eu traduzia United. SEMPRE FUI DIFERENTE.

Tá, confesso. Eu ouvia Avril escondido sempre e as vezes traduzia também. A paixão pela diva do formol veio antes da bolha e né, Avril sua linda!

Além de ouvir as músicas dessa banda, passei a pesquisar, junto com uns amigos mais ~maníacos~ do que eu, tudo sobre a Austrália. Foi aí que a sementinha foi plantada e eu, no auge da minha adolescência, bradei: eu quero ir pra Austrália.

P Sherman, 42, Wallaby Way, Sydney

P Sherman, 42, Wallaby Way, Sydney

Sempre gostei da Inglaterra, claro. Sempre disse que Londres era a minha cidade favorita no mundo. E depois que Harry Potter entrou na minha vida então (eu tinha 11 anos, igual o Harry), Londres se tornou meu alvo principal. Mas a Austrália sempre me encantou. Cangurus, coalas, praias, monstros-do-mar, aranhas gigantes, Nemo, P Sherman 42, Wallaby Way, Sydney e também, ex-domínio britânico.

Passados os anos, a Austrália ficou apagadinha na minha vida. Saí da bolha, conheci tantas outras bandas – muitas britânicas – e deixei de ouvir a minha, até então favorita, United. Claro, escuto até hoje de vez em quando e sempre me surpreendo ao ver que eles estão cada vez melhores, mas não é mais a mesma coisa de quando eu era teenager.

Na hora de decidir o intercâmbio, já sabendo que Londres estava fora do orçamento, escolhi a Irlanda. Única e exclusivamente porque era mais barato, ex-domínio britânico e era ali, colada na Inglaterra.

Pesquisei e estudei tanto a respeito dessa ilha e descobri tanta coisa maravilhosa, que hoje afirmo sem sombra de dúvidas: sou muito mais os irish do que os british. A Irlanda é muito mais legal do que a Inglaterra!

Pois bem, tô aqui e me encanto a cada dia com tudo dessa ilha e desse povo, mas foi aqui que a Austrália começou a me chamar de novo.

Vou explicar.

O intercâmbio dos irish pra Austrália está para nós, brasileiros, o intercâmbio pra Irlanda. Toda agência oferece e todo mundo conhece alguém que foi, vai ou está lá.

Isso porque a Austrália tem um acordo com a Irlanda e mais alguns países sobre um visto específico, o “Working Visa Holiday“. Pra conseguir o visto eles só precisam bookar pela internet, pagar a taxa de A$ 365,00 + passagem ida/volta. Não precisa comprovar uma certa quantia de dinheiro, mas as agência indicam levar ao menos A$ 2.000,00. Pra quem ganha em euro em um país onde o mínimo ultrapassa os € 1.000,00 – teta!

Com esse visto, o jovem pode trabalhar em qualquer emprego na Austrália por no prazo máximo de 6 meses, depois tem que trocar de empregador. Porque né, é um visto de holiday, não é pra fazer carreira.

Mas e o que isso tem a ver comigo? Você deve ter se perguntado agora.

Deixei a melhor parte pro final, amigos. La bella Italia também faz parte desse acordo e cidadãos italianos, come questo ragazzo che scrive per voi, também podem solicitar esse visto.

Vocês já sabem o resto…
Austrália ❤

Oi, eu sou um canguru australiano.

Oi, eu sou um canguru australiano.

Anúncios

5 comentários sobre “Austrália feelings

  1. Pingback: O dia depois de amanhã | Livin' La Vida…Rick!

  2. Pingback: Uma metamorfose ambulante | Livin' La Vida…Rick!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s