Proud to be Irish

A Irlanda é pequenininha, no que diz respeito a território e população, mas é bem grande em história e em “orgulho”. Os irlandeses não participaram de guerras mundiais e nunca tiveram uma “relevância” muito grande no mundo, mas isso não os tira o brilho. Afinal, eles enfrentaram as suas próprias guerras.

Diferente de nós, brasileiros, que de certa forma temos uma história parecida como a deles – nos rebelamos contra um país opressor e conquistamos a Independência, certo? – e não sabemos nada sobre nosso país, qualquer irish que você conversar vai saber lhe contar com detalhes TUDO a respeito do país deles, da Guerra da Irlanda e dos conflitos no Norte.

Guerra da Irlanda
Guerra da Irlanda

Já a gente, puff…dá pra contar no dedo um aluno do ensino fundamental ou até da universidade, que saiba contar o básico sobre a Independência do Brasil ou sobre a Revolução Farroupilha. Tô errado?

Esse orgulho irish, de ter botado os britânicos pra correr e de ter conquistado a Independência, tornando-se uma República – igual o Brasil – reflete em tudo no país. O irlandês é bem orgulhoso e faz MESMO narizinho e cara feia para tudo que vem do Reino Unido. Os mais jovens nem tanto, eles já aprenderam que isso é passado e o que importa é o presente, mas com os mais antigos, a rincha ainda é forte.

O problema é que a Irlanda, como eu disse, é pequenininha e mesmo independente, ainda é dependente do Reino Unido. Chega a ser engraçado!

A Irlanda consome MUITAS coisas do Reino Unido e é, economicamente falando, praticamente dependente da Terra da Rainha. Ir no mercado, na livraria, na loja de roupa e etc na Irlanda significa encontrar produtos com selo british, alguns tem até o preço em libra (£) e o preço em euro (€)!

As músicas que você escuta na balada? UK. O livro que você comprou, a revista que você leu e o papel que foi impresso o jornal? UK.

Até o top 50 da MTV é UK, gente!

A Irlanda não tem muito o que fazer, né? Não dá pra cortar as relações econômicas com o Reino Unido, a economia irlandesa não é tão forte assim pra segurar a barra. Ainda mais em época de recessão e o Reino Unido sendo ainda a parte mais forte de toda a União Européia.

Pra resolver e se sentir melhor, o que a Irlanda fez? Resolveu enfatizar e valorizar tudo aquilo que é feito, produzido, comercializado, idealizado e whatenever aqui. É muito comum ir ao mercado e do lado dos produtos british, ver um com um selo “100% irish”, “irish product”, “made in Ireland” e etc. Isso acontece em tudo. Tudo que é irish, é valorizado. As livrarias tem até seções específicas para autores irish – já que todo é resto é UK!

Fazendo isso, ela também fortalece a sua economia, porque o irish que compra produto irish, está injetando dinheiro no seu próprio país e ajudando-o a se recuperar da crise e de quebra, não manda e nem consome nada do Reino Unido.

A propaganda também reflete o orgulho irish e enfatiza em seus anúncios os produtos irlandeses. O Mc’Donalds irlandês é um bom exemplo, todo material deles vem escrito algo do tipo “beef 100% irish” ou “irish potatoes“. O supermercado Aldi também enfatiza em seus materiais publicitários que apoia e incentiva os fazendeiros irlandeses, criando assim empregos irlandeses. Além deles, é possível ver em qualquer tipo de publicidade na Irlanda algo que reflita e remeta ao “proud to be irish”.

Mc Donald's
Mc Donald’s
Produtos Aldi
Produtos Aldi e selos irish

Conversando com um amigo irish sobre isso ele me disse: “a única diferença entre nós e o Reino Unido é a moeda e o fato de sermos independente da ~realeza~”.

Ah se o Brasil soubesse a força que tem e tivesse um pouquinho só desse orgulho, seríamos com certeza a maior – e melhor – nação desse mundo.

Anúncios

7 comentários sobre “Proud to be Irish

  1. Povo que se orgulha de sua história, de sua cultura, de sua produção, de sua terra. Sempre admirei muito isso na Europa como um todo, e agora de maneira especial na Irlanda. Neste quesito o brasileiro tem muito o que aprender… Belo post, Rick!

    1. Bem por ai, Gi! Acho que no Brasil essa moda não pega não..

      Sinceramente? Mil vezes a carne do açougue lá do Panelão do que a carne daqui….HAHAHAH

  2. No dia em que nos conhecemos e você e a Bia foram ao mercado comigo, lembro que você comentou desse lance de “irish proud” nos produtos e de lá pra cá, eu pude notar o quão forte é isso: no leite, na carne, em tudo tem o selo irlandês de qualidade. Acho muito válido, e se movimenta a economia do país, ótimo!

  3. Muito bom, Rick! Eu já vejo que a Irlanda meio que não sobrevive sem o UK… é bem o que vc disse, tudo vem de lá e o que não vem, fazem questão de valorizar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s